Afinal, quem tem mais desejo sexual, os homens ou as mulheres? Muitos imaginam que entre os homens o desejo sexual é mais acentuado, mas será mesmo?

Assim, saindo da discussão de bar e indo para o ambiente científico, podemos ter algumas respostas mais concretas. Por isso, para saber o que os especialistas na área afirmam, continue lendo!

Desejo sexual: quem tem mais?

Na verdade, o que se sabe hoje é que não existe um maior desejo sexual nem para os homens e nem para as mulheres. Essa antiga crença popular está equivocada, e sua persistência pode ser atribuída a diversos fatores.

Por exemplo, as mulheres sofreram, historicamente, uma grande repressão sexual. Assim, o desejo feminino continua sendo um assunto tabu, em particular nas gerações mais antigas, como as de nossos pais ou avós.

Hoje, o que costuma variar entre homens e mulheres não é a quantidade de desejo sexual, mas sim a forma pela qual esta necessidade se expressa. 

Outra crença falsa muito popular é a que propaga que os homens pensam mais em sexo que as mulheres. Alguns estudos realizaram mapeamentos cerebrais em ambos os sexos e chegaram à conclusão de que não há diferenças significativas.

Mesmo com relação às motivações biológicas, como no caso dos hormônios, esta falsa crença não se sustenta. Dessa forma, ainda que as mulheres produzam um nível de testosterona mais baixo, a produção hormonal é suficiente para estimular um desejo equivalente.

Inclusive, durante a menopausa, quando há diminuição dos hormônios nas mulheres, muitas afirmam que o desejo não diminui. Pelo contrário, para muitas , a menopausa traz menos preocupação a elas, uma vez que não precisam mais se preocupar com uma gravidez indesejada, por exemplo.

Portanto, desconsidere quando alguém disser que os homens têm mais desejo sexual que as mulheres. Na prática, isso é uma mentira muito mais fomentada pelas relações sociais, que trouxeram padrões de expressão menos aceitáveis para o sexo feminino.

A repressão sexual como fator determinante

A forte repressão sexual presente nas mais diversas sociedades é um fator determinante para as pessoas acreditarem que as mulheres têm menos vontade sexual.

Pense, por exemplo, na imagem que se cria do sexo desde quando somos crianças. Somente com relação às ofensas e xingamentos, praticamente todos estão relacionados a algo com sexo e quase sempre desfavorável às mulheres. Assim, elas aprendem desde cedo que sexo é feio e sujo. Conforme crescem, as mulheres são ensinadas a cobrir os seios e não mostrar as pernas, enfim, a serem recatadas.

Aos poucos, o sexo vai sendo visto menos como algo natural e desejável e mais como uma coisa a se esconder. Já os homens, desde criança, andam de dorso nu pelas ruas, sem que isso cause qualquer incomodo a quem quer que seja.

É muito comum, por exemplo, que as meninas sejam mais reprimidas que os homens, e sejam também ensinadas a somente corresponder ao que o parceiro deseja, sem pensar ou conversar sobre suas próprias vontades. 

Isso resulta em fingimentos na cama apenas para satisfazer, em faltas de orgasmos e numa dificuldade de entender a própria sexualidade. Muitas mulheres acham que sexo é ruim apenas porque para elas não é algo que satisfaz, já que aprenderam a satisfazer somente ao parceiro.

Por consequência, essas pessoas sequer sabem como chegar ao ápice do prazer. Portanto, não é que elas não tenham apetite sexual, mas é simplesmente que o sexo que aprenderam simplesmente não as satisfaz.

Dessa maneira, embora a repressão sexual possa também atingir homens, ela é mais acentuada sobre as mulheres. E esse é um dos grandes motivos que alimentam a falsa crença de que homens têm mais desejo sexual.

Dicas para fugir da rotina

quem tem mais desejo sexual

Além da repressão sexual, algo que pode afetar o desejo sexual tanto de homens quando de mulheres é a famosa rotina. Ela afeta em particular os casais, especialmente os que estão há muito tempo juntos.

Nestes casos, uma boa solução é, por exemplo, buscar sair das práticas sexuais mais comuns e tentar inovar um pouco. Aqui mesmo no nosso blog, já fizemos diversas publicações com dicas. Veja algumas delas resumidas abaixo:

  • Vibradores: você pode utilizá-los (sozinha ou em dupla) para estimular ainda mais o prazer.
  • Anéis penianos: se quiser dar mais prazer à parceira, o homem pode procurar pelo modelo que mais agrade ao casal.
  • Sexo a três ou em grupo: embora não agrade a todos os casais, o ménage a trois tem seus fãs.
  • BDSM: com elementos de bondage, disciplina e sadomasoquismo, existem diversos níveis de BDSM para experimentar, como usar algemas ou vendas.
  • Massagens: que tal apimentar as preliminares com uma massagem, como a massagem tântrica?

Se você está sentindo seu apetite na cama baixar ou de seu parceiro ou parceira, clique aqui e veja opções na Miss Scarlet para apimentar a relação!