Chorar durante ou depois do sexo ou depois é normal? Muitas pessoas já tiveram a experiência de chorar durante ou depois do sexo. Isso pode acontecer, por exemplo, ao atingir o orgasmo, momento em que é mais comum.

Isto já aconteceu com você? Você sabe por que pode ocorrer? Acompanhe esta publicação para entender melhor sobre os motivos fisiológicos do choro durante e após o sexo!

Chorar depois da relação é normal?

Se você já chorou após a relação, provavelmente você mesmo ou seu parceiro(a) devem ter ficado preocupados, não é mesmo? No entanto, saiba que não há tanto motivo assim para preocupação.

Na verdade, isso é muito mais comum do que você imagina. Algumas pesquisas em universidades estrangeiras já chegaram a trazer o dado de que até 46% entre as mulheres já sentiram alguma sensação de tristeza ou de choro após a relação sexual.

O maior motivo para preocupação, porém, é se essa sensação é contínua e acontece com frequência. Neste caso, apenas 2% das mulheres entrevistadas sofreram com isso.

Recentemente, um caso que ficou famoso foi o comentário da atriz Giovanna Ewbank em seu canal do YouTube. Ela e seu marido, Bruno Gagliasso, afirmaram que a atriz já chorou durante o ato sexual. Ou seja, além do choro após sexo, também existe o choro no sexo. Ambos podem acontecer, mas, no geral, não faz tanta diferença se foi durante ou depois da relação, e tende a significar a mesma coisa.

Como você vai ver ao longo do texto, existem vários motivos que podem levar ao choro no sexo ou depois dele. Saiba, no entanto, que, mesmo que em alguns casos seja comum, em outros você deve, sim, procurar auxílio.

Por exemplo, é recomendável procurar ajuda profissional se essa sensação for frequente, e se você estiver no grupo dos 2% de mulheres que sofrem com isso. Continue lendo para saber mais sobre o que acontece e pode levar ao choro durante ou depois do sexo.

As causas do choro durante ou depois do sexo

Imagem superficial de uma mulher chorando deitada na cama Foto gratuita

Existem algumas causas principais que podem levar ao choro durante ou após o sexo. Isso normalmente é fisiológico, completamente natural e, em especial, ligado à produção hormonal.

No caso da Giovanna Ewbank, por exemplo, a atriz contou que estava grávida quando isso aconteceu. Lembre-se de que, neste momento, é quando os hormônios estão numa quantidade muito maior, o que pode causar alterações em todo o corpo e até no comportamento.

Falando nisso, a principal causa é mesmo dos hormônios, como o estrogênio. Ele pode levar a uma instabilidade emocional que, ligada ao orgasmo, pode levar ao choro.

Além disso, outro hormônio importante é a ocitocina – o “hormônio do amor”. Ele tem sua produção no hipotálamo e na neuro-hipófise, que ficam no cérebro. Neste caso, está presente tanto em mulheres como em homens.

Novamente, ele está presente em maiores quantidades em grávidas, assim como o estrogênio. Ainda assim, qualquer mulher libera ocitocina no orgasmo, não somente gestantes.

Inclusive, há outra questão relacionada ao orgasmo aqui. É que, se você tiver uma boa lubrificação (como as grávidas costumam ter), a penetração fica mais fácil. Com isso, o hormônio também tende a vir em maiores quantidades.

A vantagem é que isso deve levar a um orgasmo ainda mais prazeroso, além de aumentar as chances de choro durante ou depois do sexo.

Por fim, tem mais um fator importante: o estado emocional. Esse é o único entre os principais fatores que costuma ir além da causa hormonal. Neste caso, se os choros forem frequentes e você notar alguma relação emocional, o ideal é procurar um psicólogo, por exemplo.

Dicas de como lidar com o choro

Close romântico das mãos de um casal abraçado com saudade e amor Foto gratuita

Perceba que o choro durante ou depois do sexo está  ligado aos mesmos fatores. Ele pode estar relacionado à questão hormonal (como o aumento do estrogênio e da ocitocina) ou emocional. Além disso, é mais comum em mulheres, em especial as grávidas.

No entanto, principalmente se não for a primeira vez que aconteceu é importante que você reflita sobre o que está havendo. Afinal, isso está prejudicando você de alguma forma?

Para que você entenda melhor, veja as dicas abaixo:

Quando costuma acontecer?

Digamos que ocorra todo mês. Você consegue identificar em que parte do mês acontece? Nesse caso, pode estar relacionado à alteração hormonal que costuma ocorrer regularmente.

Já conversou com seu parceiro ou parceira?

Pode ser que você e seu companheiro ou companheira estejam passando por algum problema. Então, nesta hipótese, o choro no sexo pode ser de causa emocional.

Para resolver essa questão, o melhor caminho costuma ser uma conversa franca. Porém, ainda que o motivo seja hormonal e seu relacionamento esteja às mil maravilhas, seu parceiro ou parceira pode estar confuso. Pode ser que ele ou ela não esteja entendendo por que você tem chorado. 

Esclareça isso para que não reste dúvidas, nem seja o início de problemas na relação. Assim, você irá garantir que não há preocupação excessiva e nem culpa para ninguém.

Qual sua satisfação sexual?

Um último fator é considerar sua satisfação sexual. Afinal, você se sente completamente realizada na cama? Procure saber o que mais lhe dá prazer. Por exemplo, quais são os pontos do corpo ou as posições que mais levam à excitação sexual?

Além disso, enquanto estiver no ato sexual, busque se desconectar do mundo. Deixe os problemas para outro momento e se concentre apenas no prazer da relação. Para ajudar a se conhecer e a buscar a satisfação sexual, você pode procurar brincadeiras e acessórios. Venha conhecer as opções em nossa loja, basta clicar aqui!