O pompoarismo masculino melhora a potência sexual e a saúde. Pompoarismo é um conjunto de exercícios para aumentar a irrigação dos órgãos sexuais, fortalecer os músculos do assoalho pélvico e com isso aperfeiçoar o desempenho sexual. O pompoarismo feminino é bem mais conhecido. Para saber mais, leia o artigo “O que é pompoarismo”, já publicado no blog.

A versão masculina não dispõe de acessórios específicos como a feminina para auxiliar no treinamento. Apenas técnica e exercício. Sabemos que a palavra “exercício” e sua amiga inseparável  a “repetição”,  nem sempre combinam  com  “entusiasmo”, mas tenha em mente que eles podem melhorar muito a qualidade do sexo, manter  você no “jogo” por muito mais temporadas, além de prevenir vários problemas de saúde masculinos.

POMPOARISMO MASCULINO: UPGRADE EM VOLUME, POTÊNCIA E SAÚDE

Os exercícios específicos trabalham e tonificam os músculos do períneo e assoalho pélvico, além de proporcionar maior irrigação sanguínia no local.  Como você sabe, o volume do pênis, assim como a rigidez e a duração da ereção são determinados diretamentte pela capacidade de bombeamento de sangue, portanto,  melhorar a irrigação e aumentar a pressão sanguínea são passos importantes e decisivos para você alcançar uma ereção completa, firme e conseguir mantê-la por mais tempo.  Estes exercícios são também os mais indicados para tratamento de incontinência urinária e para prevenção daquelas preocupantes complicações da próstata. Além da melhoria da saúde, funcionamento e potência do seus órgãos sexuais, você também desenvolverá maior confiança e autocontrole, aumentando a intensidade e a duração do ato sexual,  proporcionando mais prazer para você e para quem estiver transando com você.

OS EXERCÍCIOS

Assim como musculação, aeróbica, alongamento e localizados, os exercícios de pompoarismo devem ser praticados diariamente.  Com apenas 15 minutos por dia, você sentirá os resultados já no final de 4 semanas. Como em qualquer treinamento e condicionamento físico, comece pela percepção respiratória:  inalar o ar profundmente, expandindoo abdomen e depois soltá-lo totalmente, contraindo o diafragma e o abdomen.

O EXERCÍCIO BÁSICO

O primeiro exercício consiste na contração do períneo (região entre o pênis e o ânus). Esta ação é a mesma de quando interrompemos o fluxo urinário. A contração destes músculos deve fazer com que o pênis também se movimente, mesmo que levemente. Não tem problem se você não perceber este movimento nas primeiras vezes. Pratique interromper o xixi algumas vezes durante o dia, até localizar o músculo do períneo com facilidade. Este movimento de contração é muito importante no pompoarismo masculino.

O PERÍNEO

Após ter localizado o músculo do períneo e entender como fazer as contrações, é hora de praticar. Faça três séries de 20 a 30 contrações rápidas e curtas, descansando por cerca de um minuto  entre as séries. Quando  você sentir o pênis se movimentar durante as contrações, perfeito: você está no caminho certo.

A EREÇÃO

O próximo passo consiste em exercer pressão sobre o pênis ereto. Para tanto, enquanto faz as contrações do períneo coloque uma das mãos sobre o pênis para oferecer resistência  ao movimento de elevação. Realize três séries de 10 repetições deste movimento. Se ou quando  o pênis estiver resistindo bem à pressão, ou seja, quando ele se mantiver ereto durante este movimento é hora de aumentar o grau de dificuldade. Para isso, em vez das mãos, coloque uma toalha seca no pênis ereto ao fazer as contrações (três séries de 20 repetições com descanso de um minuto entre elas). Com o tempo, isto também se tornará fácil e aí parta para o nível avançado: faça o exercício  com uma toalha molhada sobre o pênis.  

TRABALHO COMPLEMENTAR

Para adquirir o contole total e desenvolver a potência máxima dos seus órgão sexuais, é necessário trabalhar os músculos do ânus. Concentre-se na respiração, inspire e expire profundamente, movimentando apenas a região intercostal ao contrair o ânus. No início pode ser que você contraia também as nádegas, barriga e coxas. Se isto acontecer, gradualmente procure manter o foco no movimento de contração, deixando relaxados os demais músculos da região. Faça três séries de 20 repetições, pelo menos 2 vezes por dia.

A grande vantagem destes exercícios é que podem ser praticados em qualquer local, mesmo estando vestido.  À medida que for dominando a técnica e se sentir mais à vontade, você poderá aumentar aumentar gradualmente a frequência pois, quanto mais, melhor.