Fantasias sexuais costumam ser sinônimos de prazer. E a melhor coisa sobre as fantasias sexuais é que elas não precisam se encaixar nas crenças e na ética da vida real. Algumas podem – e talvez devam – ser colocadas em prática. Outras, melhor ficarem apenas na imaginação. Afinal, ao imaginar que estamos fazendo algo que na vida real não faríamos, quebramos tabus e nos liberamos para o prazer. Para saber o se passa na cabeça das mulheres, o site da revista americana Glamour pesquisou quais são as fantasias sexuais das mulheres, e selecionamos as mais recorrentes.

Sexo oral

Sexo oral não deveria nem ser considerado uma fantasia, mas os tabus e a repressão sexual, principalmente em relação às mulheres, ainda estão firmes e fortes, e assim fazer ou receber carinhos dessa forma ainda está no reino da fantasia. Que pena! Porém, milhões de mulheres deixaram os tabus de lado e se deliciam com a prática. Fazer sexo oral em alguém pode ser considerado tanto como submissão quanto como dominação – escolha que papel você quer nesse jogo. Uma mulher pode ir e voltar dos céus várias vezes ao receber carícias com a boca, beijos e lambidas, no clitóris e na vagina.

Sexo em público

A prática é recorrente no cinema, mas nem sempre levada para a vida real. Afinal, pode ser considerada crime. Será que o perigo de ser pega no ato é o que torna o sexo em público tão excitante? Segundo as entrevistadas em uma pesquisa, é isso mesmo. Como também é o gosto pelo exibicionismo, que leva muitas mulheres a quererem transar correndo o risco – ou o prazer – de serem vistas.

Dominação

Muitas mulheres – segundo um estudo, 65% das entrevistadas – adorariam ser dominadas na cama. A forma de domínio pode variar muito, de ser imobilizada pelos pulsos, até o extremo do domínio e da submissão da BDSM (bondage/disciplina, dominação/submisão, sadismo/masoquismo), o que pode envolver dor, humilhação ou o que a pessoa desejar.

Outras – 47% das entrevistadas – sonham mesmo é em dar as cartas elas mesmas, em dominar seus companheiros, exigindo o que querem e como querem na cama. 

Exibicionismo

Exibir-se, ser o centro das atenções, é sexy e pode deixar o parceiro muito excitado. Três são as fantasias mais comuns nessa área: fazer um strip-tease; masturbar-se em público e, é claro, ser a atriz de seu próprio filme pornô.

Voyeurismo

Assistir a transa dos outros também é altamente excitante. Prova disso são os vídeos pornôs feitos aos milhares. Talvez você imagine espreitar um casal entrelaçado em um provador do shopping, ou assistir uma cena BDSM que ultrapassa limites em uma masmorra. Qual a sua favorita?

Sexo com celebridades

Astros de cinema, músicos e atletas chamam a atenção das pessoas e costumam ser idolatrados. Muitas mulheres têm fantasias sexuais com eles, talvez porque seja mais fácil e menos complicado do que com alguém que conhecem na vida real. Fora que ser escolhida por um astro, entre milhares de fãs à disposição, impulsiona a autoestima, mesmo que seja só em fantasias.

Sexo com um estranho


O anonimato é provavelmente o que atrai muitas mulheres ao sexo casual. É potencialmente interessante pensar na atração pelo seu corpo, pois a pessoa realmente não sabe mais nada sobre você. E quando terminar, você pode vestir suas roupas de novo e ir embora. Simples assim.

Sexo anal

Muitas mulheres curtem bastante, mas o sexo anal ainda está envolvido em tantos tabus e é considerado errado – algo que só as “meninas más” fazem. No entanto, as fantasias existem entre quatro paredes, ainda que não sejam discutidas na mesa do bar.

Sexo em grupo

Mènages a trois, a quatro, a muitos. De acordo com pesquisas, 57% das mulheres fantasiam em fazer sexo com mais de um parceiro, inclusive com outra mulher. Na maioria dos casos, desde que elas sejam o centro das atenções.

Sexo lésbico

Essa fantasia é comum mesmo entre as mulheres que se identificam como estritamente heterossexuais. Um dos motivos, além de quebrar tabus, pode ser porque o sexo lésbico costuma se concentrar no que realmente excita e faz as mulheres gozarem. Ou seja, sexo oral, brincadeiras com os dedos e outras atividades que se focam no clitóris. 

Não importa qual é a sua “pegada” no reino da fantasia, lembre-se de que seus pensamentos não definem você. Suas fantasias são apenas suas fantasias, até e a menos que você escolha transformá-las em algo mais. E, independentemente das situações que você imagina serem selvagens, “padrão” ou tabus, a imaginação sexual pode ser um inexplorado campo de prazer e emoção.