Quando se trata de fazer barulho no quarto, algumas pessoas preferem o silêncio, enquanto outras acordam os vizinhos. Embora o tipo barulhento esteja mais propenso a receber uma queixa do condomínio, uma quantidade crescente de pesquisas sugere que esse pode ser um pequeno preço a pagar por uma vida sexual mais intensa e satisfatória. De fato, cientistas descobriram que ruídos sexuais aumentam o prazer de várias maneiras.

Os gemidos e outros barulhos similares são uma forma de comunicação não verbal que ajuda a transmitir nossas preferências ao parceiro. Não só isso, também tranquiliza o parceiro de sua competência sexual e indica que seus esforços são apreciados. Do ponto de vista psicológico, o gemido proporciona um reforço positivo para ações prazerosas, o que as torna mais prováveis ​​de ocorrer no futuro e, provavelmente, aumenta a satisfação de todos.

Nas pesquisas sobre a relação entre ruídos e satisfação sexual, foi identificado que as pessoas que fazem mais barulho durante o sexo tendem a ser as menos apreensivas sobre a comunicação sexual e as mais confiantes em suas habilidades sexuais. Então podemos concluir que, assim como os barulhos que fazemos melhoram o sexo, provavelmente também é verdade que as pessoas que são melhores no sexo tendem a ser mais ruidosas.

Além disso, as coisas que dizemos e fazemos revelam muito sobre quem somos – e nosso comportamento no quarto não é exceção. Como você age entre os lençóis pode dizer mais sobre sua personalidade do que você imagina. Eis o que os especialistas têm a dizer especificamente sobre os sons que as pessoas fazem durante o sexo e o que eles podem revelar sobre suas personalidade. Será que você se reconhecerá em algum?

Gritinhos estridentes

São sensuais e frequentemente indicativos de alguém que é um pouco mais sensível que a maioria. Essas pessoas são realmente delicadas, então tocar suas zonas erógenas as faz sentir cócegas. Se as risadinhas tirarem o tesão ou distraírem demais, o ideal é ir mais devagar – usar um toque mais firme para evitar as cócegas.

Ofegante, sem fôlego

Quem emite esses sons está ansioso e super entusiasmado. É provável que esteja sem sexo há muito tempo ou queira ter relações sexuais com mais frequência. Se você ou seu parceiro estiver ofegando como um cachorro, tenha certeza de que ambos estão fazendo tudo certo, pois é provável que estejam tendo uma experiência tão sensacional que até esquecem de como respirar.

Falar na 3ª pessoa

As pessoas que se comunicam dessa forma durante o sexo provavelmente gostam de literatura erótica, do tipo “50 tons de cinza”, mas são inibidas. Ao usar a 3ª pessoa, conseguem se expressar sobre o que está acontecendo com seus corpos, quais são seus desejos. Se você está se relacionando com alguém assim, não desestimule. Entre no clima e peça detalhes. Vocês vão se divertir muito, sem timidez.

Gemido profundo

Essas pessoas deixam sua natureza mais conservadora na porta do quarto e adoram liberar seu eu interior mais selvagem. Seus gemidos escandalosos podem surpreender o parceiro, pois, perfeccionistas que são, essa deve ser a única vez que não se importam com o que os vizinhos pensam.

Falar como criança

Esse tipo de som sexual pode ser um pouco inesperado, mas é realmente uma maneira de usar a inversão de papéis no quarto.  Essas pessoas geralmente são supercontroladoras no dia a dia. Então, no quarto, é divertido mudar a rotina e querer ser controlado. Soa familiar? Então, preste atenção à fala do seu parceiro, escute seus pedidos e assuma o comando. Se for você a “criança” não faça manha e peça o que quiser.

Falar palavrões

As estatísticas mostram que falar palavrões entre quatro paredes é super excitante para muitos casais. Homens e mulheres gostam e, na maioria das vezes, essa é uma forma de chegarem mais facilmente ao orgasmo.

Mas preste atenção. Não se deixe enganar pelas aparências. Não raro, aquelas pessoas formais e cerimoniosas em público – que riem de boca fechada e sentam-se de pernas cruzadas nos tornozelos – são as mesmas que, em particular, dirão as palavras mais profanas para comandar, elogiar e estimular seus amantes a agir.

Sussurros abafados

Sons quase inaudíveis normalmente vêm das pessoas mais introvertidas, que tentam restringir seus verdadeiros sentimentos, mesmo durante o sexo. Os sussurros abafados escapam furtivamente, quase como um esforço físico. Quando você ouvir esses sussurros, saberá que está fazendo todos os movimentos sexuais certos.

Silêncio absoluto

O silêncio é de ouro, mesmo no quarto. O tipo silencioso não se entusiasma em perder o fôlego com palavras quando suas ações transmitem suas verdadeiras intenções. Estratégicos e focados, aqueles que optam por ficar em silêncio durante o sexo geralmente são os mais dedicados ao prazer de seus parceiros.

Você concorda com o que esses ruídos significam? Qual é o barulho mais estranho que um parceiro já fez? Algum desses ruídos incomoda você? Deixe aqui seus comentários!

Produtos relacionados:

Noriplay – Gel para massagem oriental corpo a corpo

Dj Clit – creme de estímulo do clitóris

Excitante Masculino 5 em 1 – Dj Man