Muito se fala sobre sexo, mas você sabe distinguir os mitos dos fatos? Verifique o seu conhecimento com cinco verdades sobre sexo e cinco mitos.

Para proteção extra, o homem deve usar dois preservativos.

MITO. A colocação de dois preservativos juntos não adiciona proteção. Em vez disso, o atrito causado pelo contato dos dois preservativos pode fazer com que eles rasguem. Mesmo que o rasgo seja microscópico, a mulher terá menos, e não mais, proteção. Portanto basta um preservativo. Este é um daqueles casos onde menos é mais.

Fazer sexo vestindo meias pode ser mais prazeroso.

VERDADE. Sim, é feio e até meio ridículo, mas estudos médicos indicam que homens e mulheres chegam ao clímax mais facilmente se seus pés estiverem quentinhos – aparentemente, os pés frios, literalmente, estragam a festa.  Uma forma mais sexy, por exemplo, pode ser uma massagem preliminar nos pés. Experimente. (Conheça os óleos de massagem da Miss Scarlet).

Transar com muito entusiasmo pode quebrar o pênis.

MITO. Não há osso no pênis humano – isso realmente nos diferencia de muitos mamíferos, incluindo outros primatas. Assim, já que o pênis dele não vai terminar engessado, não se preocupe e solte sua energia. Contudo, em raras ocasiões, é possível que ele acabe meio arranhado devido à forte fricção.

A maioria das pessoas não quer fazer sexo a noite inteira.

VERDADE. De fato, uma pesquisa recente descobriu que, longe de desejar sessões de sexo tântrico durante toda a noite, a maioria das pessoas concordou que sete minutos era uma duração “adequada” para uma relação sexual – menos tempo é um pouco decepcionante, e qualquer coisa além de dez minutos já pode ser considerada “muito longa”.

Os homens sempre querem mais sexo do que as mulheres.

MITO. A libido de todos é diferente. É verdade que os homens produzem níveis mais altos de testosterona – o hormônio que aumenta o desejo sexual em homens e mulheres-, então, em média, eles querem sexo com mais frequência. Mas há muitos outros fatores emocionais e físicos que determinam se um homem – ou mulher – está a fim de sexo. E, na maioria das vezes, esses fatores são dinâmicos. Isso quer dizer que você e seu companheiro nem sempre estarão em total acordo sobre quando e com que frequência farão sexo. O truque é prestar atenção um no outro para encontrar um equilíbrio que funcione para vocês dois.

O sexo pode substituir seu treino.

TALVEZ. Meia hora de sexo intenso queima cerca de 200 calorias. Outros tipos de exercícios que têm o mesmo efeito? Meia hora de ciclismo, quinze minutos de natação, meia hora de corrida. Agora é só você escolher qual deles irá praticar para dar fim àquele sorvete de chocolate de ontem a noite.

Sexo oral é sexo seguro.

MITO. Você pode não engravidar, mas pode contrair DSTs como clamídia, gonorreia e herpes genital, que são transmitidas através dos fluidos corporais. Se você não tem um parceiro fixo ou se você e seu parceiro não foram testados para DSTs desde que estão juntos, usem camisinha  próprias para o sexo oral (Conheça as aromatizadas escolhidas pela Miss Scarlet).

As mulheres são mais propensas a querer sexo quando estão ovulando.

VERDADE. Tanto faz se você quer ou não ter filhos, quando você ovula, os hormônios que causam desejo sexual também estão no ápice. Isso significa que seu ciclo é como um relógio, portanto você pode prever os dias em que se sentirá mais sensual … então planeje suas noites, e dias, de acordo com seu interesse.

Se você transar já no primeiro encontro, está arruinando qualquer chance de um relacionamento.

MITO. Não há nenhuma regra de ouro no mundo masculino sobre isso (e, sinceramente, você gostaria de sair com um cara que iria julgá-la por este critério?). E será que existem razões para esperar? Talvez: estabelecer intimidade física antes de ter qualquer intimidade emocional, às vezes pode dificultar vocês se conhecerem quando emergirem do edredom.

O orgasmo vaginal é a exceção, e não a regra.

VERDADE. Pesquisas indicam que menos da metade das mulheres (dependendo do estudo são entre 30 e 40 %) realmente tem orgasmo através desse tipo de relação sexual. A boa notícia é que seu clitóris é especialmente projetado para dar prazer. Infelizmente, muitos homens desconhecem esse fato. Então, se seu parceiro faz parte desse grupo, não hesite em (gentilmente) deixá-lo saber o quanto você gosta das preliminares.

Editado do original publicado na revista Glamour UK.